quarta-feira, 2 de novembro de 2016

FLORIANÓPOLIS, FORTES E FORTALEZAS!




Visitar fortes faz parte de quase todas nossas viagens.




Em Florianópolis não foi diferente, por ser uma ilha facilmente seria invadida e tomada de Portugal enquanto Império. Para evitar tal fatalidade vários Fortes e Fortalezas foram edificados na sua costa e ilhas, dos quais 3 visitei quando lá estive. 




Começamos com os que estão nas fotos anteriores e nas próximas, a Fortaleza de São José da Ponta Grossa.




A Fortaleza de São José da Ponta Grossa localiza-se entre as praias do Forte e do Jurerê, o acesso não é tão fácil, somente de carro até certo ponto e depois a pé por trilha de nível médio, não favorável para pessoas com dificuldade de locomoção, entrada paga.





A vista do mar desta fortaleza é algo de tirar o folego.




Sua arquitetura imponente e tão conservada impressiona.




Ainda possui internamente peças e história do local, do tempo do império.






Já no Centro da cidade abaixo da antiga ponte está o O Forte de Sant'Ana do Estreito, ou como conhecido Forte Santana, entrada grátis. 








Quase que imperceptível ofuscado pela beleza da antiga Ponte Hercílio Luz, ele não se ofusca, sendo muito bem conservado e bem administrado possui peças da história militar e fotos e dados de todos os outros fortes da ilha com mapas.






A Vantagem deste forte é a sua localização, eu mesmo fui ao Mercado Municipal e fui andando até ele, não é perto mas é possível. 




O mais visitado e talvez o mais bonito é a Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim, localizada na barra norte do  canal da ilha de Santa Catarina ( como também é chamada Florianópolis). Acesso apenas por barco ou escuna, tem entrada paga.





Linda e imponente a Fortaleza também necessita que o visitante tenha disposição para acessar o seu interior por meio de uma escadaria ingrime, nada tão difícil, mas limitador para quem tem dificuldade de mobilidade.





Muito linda de longe e de perto.












E assim fica minha dica, visitando Florianópolis visite também os fortes, vale muito a pena conhecer.